Alergia no Outono: como evitar as crises?

Alergia no Outono: como evitar as crises?

Uma pesquisa divulgada pela ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia) mostrou que 30% da população brasileira possui algum tipo de reação alérgica no outono. Entre as mais diagnosticadas, estão a rinite, a bronquite e a asma. Isso acontece porque a estação possui duas características que favorecem o desenvolvimento dessas doenças: oscilação da temperatura e baixa umidade relativa do ar.

Segundo a Dra. Nathália Mota, especialista em alergia e imunologia do Centro Integrado Bella, a tendência a manter os ambientes fechados por mais tempo também contribui para o aumento da proliferação de ácaros e fungos. Coriza, coceira na garganta, tosse seca, espirro e a dificuldade para respirar estão entre os principais sintomas.

O tratamento preventivo, com remédios antialérgicos ou imunoterapia (vacina), é a melhor opção para quem sofre com crises alérgicas. A médica também alerta que é preciso evitar o contato com os possíveis desencadeadores das crises (poeira, bichos de pelúcia, roupas de cama, travesseiros e colchões velhos, tapetes, carpetes etc).

Alguns ajustes na rotina também ajudam a amenizar o problema. A Dra. Nathália selecionou cinco dicas, que podem ser vistas abaixo:

• Dê bastante líquido para as crianças, já que o ar seco deixa a mucosa respiratória mais sensível. Aposte também em sucos naturais ricos em vitamina C, como laranja com acerola ou frutas vermelhas;

• Evite ambientes fechados e com aglomeração de pessoas, pois o risco de proliferação de ácaros, vírus e bactérias aumenta;

• Deixe a casa bastante arejada. Abra as janelas das salas e dos quartos pela manhã e deixe o ar circular;

• Se o nariz do seu filho estiver com muita coriza e entupido, faça higiene nasal com soro fisiológico;

• Ligue para o pediatra caso perceba algum sinal de desconforto respiratório na criança. Nunca o medique por conta própria!

Dra. Nathália Mota atende no Centro Integrado Bella todas as sextas. Para marcação de consultas, entre em contato pelos telefones 2530-4779 / (21) 2537-8980.
share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mensagem enviada com sucesso!



Atividades FísicasCursosConsultasConvêniosOutros

[recaptcha]