Amamentação: a importância da rede de apoio – por Dra. Patrícia Marinho

Amamentação: a importância da rede de apoio - por Dra. Patrícia Marinho

A importância da amamentação exclusiva para a saúde do bebê nos seis primeiros meses é bastante conhecida. O leite materno contém minerais e nutrientes essenciais que ajudam no desenvolvimento neurológico e no fortalecimento do sistema imunológico. Os benefícios também são estendidos para a mãe, já que a prática, segundo estudos, pode reduzir o risco de câncer de mama e ovário, protege contra doenças cardiovasculares e diminui as chances do desenvolvimento de diabetes tipo 2. Além disso tudo, o ato de amamentar reforça o vínculo afetivo com a criança.

No entanto, mesmo com todas essas vantagens, nem sempre as mulheres conseguem levar a amamentação em diante. Um dos principais motivos é a falta de uma rede de apoio. Esse grupo deve estar sempre atento as necessidades básicas da mãe, como tomar banho, comer, ir ao banheiro ou somente ser um ombro amigo e amparar nos momentos mais difíceis do processo. Separei aqui alguns personagens desse grupo e o que eles podem fazer:

  • Obstetra e pediatra – converse com o seu obstetra sobre a amamentação e peça dicas. A mesma coisa pode ser feita com o pediatra do seu filho. Ele pode te auxiliar tirando as dúvidas que surgem na hora da prática.
  • Parentes e amigos – eles podem ajudar nos afazeres domésticos para que você consiga amamentar de forma tranquila. Uma dica é ajudar na preparação da comida. Que tal fazer um arroz fresquinho ou qualquer outra coisa que você esteja com vontade de comer?
  • Pai – uma forma dele ajudar é sempre estar do seu lado para oferecer todo o apoio necessário durante a amamentação. A Unicef preparou uma cartilha com recomendações voltadas aos pais, como trocar a fralda do bebê, colocá-lo para dormir, ajudar nas tarefas domésticas, cuidar da alimentação da mãe e dar um tempo livre a ele. Além disso, é muito importante que ele se mostre sempre compreensivo e carinhoso.

Vale lembrar que essa rede de apoio deve ser formada por pessoas que realmente estejam dispostas a ajudar, de forma integral e sem julgamentos. O suporte emocional é essencial para que a mamãe e o bebê consigam aproveitar todos os benefícios da amamentação.

A Pediatra Patrícia Marinho atende no Centro Integrado Bella às segundas e quartas, na parte da tarde, e às sextas, pela manhã. Para informações sobre marcação de consultas, entre em contato pelos telefones 2530-4779/2537-8980/99140-7211.

Fontes:
https://www.unicef.org/brazil/aleitamento-materno
https://unicef.pt/media/1581/6-manual-do-aleitamento-materno.pdf

share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mensagem enviada com sucesso!



Atividades FísicasCursosConsultasConvêniosOutros

[recaptcha]